Descubra quanto você paga de juros em seu empréstimo pessoal

Precisa de empréstimo pessoal mas não tem noção de quanto você vai pagar em juros? Então descubra agora como fazer esse cálculo e escolher boas instituições.

Nada melhor para quitar as dívidas e sair do aperto do que um empréstimo pessoal. Mas será que as taxas cobradas pelas instituições financeiras compensam?

Atualmente, existem várias modalidades de empréstimo, no entanto, nem todas elas possuem boas condições de pagamento. Assim, a melhor maneira de saber se vale a pena ou não fazer um empréstimo com determinada instituição financeira é calculando.

Portanto, o ideal é que você tenha acesso à todas informações do empréstimo para que você possa realizar os cálculos. Descubra como.

O que verificar ao optar por um empréstimo pessoal?

A primeira coisa a se verificar para que você possa realizar um empréstimo pessoal seguro e confiável é se a instituição possui credibilidade. Assim, você terá a certeza de que estará fornecendo os seus dados a uma instituição séria.

O primeiro passo então, é saber se estas empresas possuem autorização de funcionamento do Banco Central, e caso sejam da modalidade online, se além disso, elas também possuem certificados e termos digitais.

Mas não é só isso, é importante também que você pesquise a história da instituição, quantos anos ela tem e qual a sua quantidade de clientes, pois, quanto maior for, significa que mais credibilidade ela possui.

Contudo, não se deixe enganar pelas aparências, para que você tenha certeza da contratação de um serviço, é importante estar de olho nas taxas e condições de pagamento.

E nunca, em hipótese alguma, faça o depósito de uma taxa antes de ter o seu empréstimo pessoal, pois isso se trata de um golpe.

Quais instituições financeiras fazem empréstimo pessoal?

Existem várias instituições financeiras que fazem empréstimo pessoal. Para que você possa entender então, falaremos das mais conhecidas.

O Bradesco, por exemplo, é uma instituição financeira que fornece empréstimo pessoal de vários valores, e com uma grande opção de parcelamento, mas sua taxa de juros é uma das maiores do mercado, cerca de 6,14 % ao mês.

Já a média de juros do Banco do Brasil, que é um dos bancos que possui mais credibilidade, a taxa é de 4,25% ao mês. No entanto, a Caixa que também é uma instituição muito conhecida, possui uma taxa média de 4,65% ao mês. A média do Banco Itaú, no entanto, é de 4,5% ao mês.

A Crefisa, no entanto, é uma das instituições que possui a maior taxa de juros ao mês, cerca de 21,37 %, para empréstimos não consignados.

Porém, ao solicitar o empréstimo pessoal e fornecer os seus dados, será realizada uma análise de crédito, e de acordo com o perfil de cada cliente, estas taxas também podem variar.

O empréstimo online também é uma opção, e possui taxas menores que as de uma instituição física.

Como exemplo temos a Kerograna, uma Fintech que oferece empréstimo com taxa de juros a partir de 3,99 %.

Mas não se engane, algumas instituições online também podem cobrar uma taxa alta, como por exemplo a Simplic, que cobra taxas a partir de R$ 15,8 %.

Empréstimo pessoal online é confiável?

Algumas pessoas ainda tem receio de contratar um empréstimo pessoal através da internet, no entanto, essa modalidade deve crescer no Brasil.

Para que você possa entender, faremos um comparativo como outros países, como por exemplo, os Estados Unidos, que já se adequou a esta modalidade.

Além disso, o empréstimo pessoal pela internet possui mais vantagens do que aquele realizado em instituição física. Mas isso se deve ao fato de que a pessoa não precisa se deslocar para contratar o serviço, assim como, a taxa de juros do empréstimo online tende a ser menor do que em uma instituição financeira.

Outro fato é que o serviço online também oferece oportunidade de empréstimo para quem está com o nome negativado, no entanto, estes possuem as maiores taxas do mercado, mas isso se deve ao fato de que estas instituições consideram que as pessoas com o nome sujo são mal pagadoras.

Assim, o empréstimo online tem se tornado cada vez mais popular.

Empréstimo online, compensa?

Como já foi dito, o empréstimo online tende a ter taxas menores do que um empréstimo em uma instituição financeira. Para que possa entender, faremos um comparativo.

A média de juros cobrada por um empréstimo pessoal da Caixa, por exemplo, fica em torno de 4,65 % ao mês. Portanto, suponhamos que você queira pegar emprestado uma quantia de R$ 2000,00 e deseja pagar em 12 parcelas.

Ao final então, você pagará R$ 2654,62, ou seja, R$ 654,62 em juros.

O mesmo valor, com a mesma quantidade de parcelas em um empréstimo pessoal pela Konkero, com uma taxa então de 3,99 %, sairá no valor final de R$ 2555,77. Portanto, você pagará R$ 555,77 de juros, uma diferença de R$ 98,85.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *